Posts Tagged ‘volta às aulas’

D.I.Y. – Boneco de Neve

09 dez

O natal está chegando e uma das partes mais especiais dessa festividade é a decoração. Trouxemos hoje uma super dica de ornamento artesanal, para você e os filhotes se divertirem muito fazendo e construindo lembranças especiais para carregar durante toda a vida.

blog-1

Você vai precisa de:

- Uma Meia;

- Elásticos;

- Arroz ou Algodão;

- Feltro Preto e Laranja;

- Olhos para Artesanato.

blog-2

 

blog-3

blog-4

E está pronto:

blog-5

 

Boas festas !

 

 
 

Aproveitando Giz de Cera Até o Final

25 nov

 

blog-abre

Desenhar é uma das brincadeiras mais populares entre as crianças. Independente do cuidado que os pequenos tenham com o giz de cera, sempre sobram pedaços que não são utilizados. Hoje vamos te ensinar a reutilizar esses pedaços para evitar qualquer desperdício, aproveitando o material até o final. Confere só:

blog-2

O primeiro passo é partir os pedaços do giz de cera, misturar as cores que combinam melhor e levar ao forno em formas anti-aderente até derreter. Esse é um bom momento para falar sobre reciclagem, não desperdício e sustentabilidade com os pequenos.
blog-3

blog-4

Dessa forma, além de estimular a criatividade do filhote, você também planta a semente da consciência ambiental. E tudo de um jeito lúdico, já que é brincadeira e criação.

E no final:

blog-5

 

Volta as Aulas

26 fev

lanches

Com as aulas voltando, muitas mães também volta a fazer as lancheiras. Com o filhote levando o lanchinho de casa, garante que ele coma coisas naturais e saudáveis. Aqui vão umas dicas.

frutas

Frutas – Sempre coloque frutas, seja ela em forma de suco, picadas ou até mesmo desidratada.

sucos

Para beber – Além do suco, você pode variar também com água de coco, leite e chás.

sanduiche

Salgados – Sanduíches integrais, pipocas sem óleo,  mini legumes, fatias de queijo branco, ovo cozido.

doce

Doces – Bolinhos integrais ou bolos simples sem cobertura, iogurte, chocolate amargo, frutas picadas e biscoitos ou bolachas integrais.

Evitar – É sempre bom evitar produtos industrializados como salgadinhos, refrigerantes, biscoitos recheados. Frituras, bolo açucarados com cobertura, balar e doces são outros itens que é sempre bom evitar.

Claro que tudo depende do gosto do seu pequeno e é claro que as vezes algumas exceções podem ser feitas.

 

Como arrumar a lancheira

06 fev

 

bento-lunch-boxComeça fevereiro, voltam as aulas e sempre bate aquela dúvida sobre qual é a melhor maneira de arrumar a lancheira dos pequenos. Segundo especialistas, a melhor forma é abastecendo com alimentos saudáveis, ricos em nutrientes e saborosos. Muitas cores e diversas opções podem ser incentivadores para as crianças.


juice-4-390x285

Para beber: Sucos como o de goiaba, acerola, abacaxi e maracujá, são os mais indicados, pois seus micronutrientes não se perdem ao longo do dia e essas frutas tem menor velocidade de oxidação.

Tons-of-lunchbox-ideas-for-kids-Rainbow-Lunch-FamilyFreshMeals.com_

Para comer: “Pães magros” e mais saudáveis e sem tantos conservantes, como os de mandioca ou de cenoura, facilmente encontrados em supermercados e padarias, acompanhados de ricota ou patê de atum. Salada de frutas ou um mix de oleaginosas também são muito bem vindos. A regra aqui é usar a criatividade e inovar.

 
No Comments

Posted in Receitas

 

Lancheiras!

04 fev

Já comprou a lancheira para seu filhote?
Vejam nossas dicas!

Estampa vintage

Lancheira térmica e super descolada! Perfeita para levar o lanche na escola, mamadeiras nas viagens e pode até ser usada como necessaire!

Onde achar – http://goo.gl/NkAGLl

Frecklebox

Seu pequeno pode ter uma lancheira totalmente personalizada! Pode escolher temas e adicionar o nome dela, além disso, tem um visual clássico, super charmoso.

Onde achar – http://goo.gl/QKC8fn

Lancheira dino

A lancheira da Skip Hop possui compartimento com isolamento térmico para manter a comida e bebidas na temperatura e um bolso interno para guardar talheres, guardanapos ou qualquer outro utensílio.

Onde achar – http://goo.gl/EuAI8e

 

Para aprender a estudar

30 jul

Por Erica Cavour e Beth Musikman

A adolescência é uma fase de transição e descobertas. Muda o corpo, muda o cérebro, muda o estilo de vida, da criança e de toda a família. Nesta fase, a família adolescente tem uma série de transformações e ajustes a realizar. Tanto o adolescente vai precisar se esforçar para arcar com novas responsabilidades quanto os pais devem se adaptar a nova demanda de liberdade. Responsabilidade e liberdade são dois lados da mesma moeda. Vamos tomar aqui responsabilidade como a “habilidade-de-responder” (habilidade de responder às obrigações, às tarefas, às demandas, às perguntas) e criar um guia simples e prático  para que os pais possam ajudar seus adolescentes, que têm como maior responsabilidade sua própria vida escolar, a serem mais atentos e organizados.

Dicas para o estudante do Ensino Fundamental II – 6º e 7º anos

  1. O jovem agora tem vários professores, cada um do seu jeito. Ele vai precisar desenvolver o próprio jeito de estudar. Insista para lhe ensinar que ele estuda para si mesmo!
  2. Oriente seu filho para que organize o material em casa e leve sempre o que for trabalhar na escola.
  3. Acompanhe de perto se eles estão fazendo os deveres de casa!
  4. Prova é o momento de provar o que se aprendeu. Provar também significa experimentar. Diga para seus filhos que nas provas eles irão experimentar o que aprenderam e que aproveitem esse desafio!

Dicas para o estudante do Ensino Fundamenta II – 8º e 9º anos

  1. Como eles vão precisar estudar mais, tudo vai parecer mais entediante. Diga que devem ser perseverantes e continuar fazendo os deveres de casa e levando o material às aulas.   É assim mesmo!  Fazer isso é a melhor maneira de entrar de férias logo e sair da escola o mais rápido possível, conte esse segredinho a eles!
  2. Mostre que é possível usar o computador a favor do seu adolescente. Em vez de usar o MSN para só para bater papo, diga  que com a ferramenta ele pode checar qual é o dever de casa, tirar uma dúvida sobre a matéria e  fazer o trabalho de grupo online.
  3. Diga para ele e o incentive a mandar boas ideias sobre a escola e sugestões para a coordenação. Explique que só reclamar com os pais e amigos não ajuda e que é preciso usar o tempo de forma inteligente!

Dicas para o estudante do Ensino Médio

  1. Converse com seus filhos que estiverem nessa fase que eles devem encarar a escola como o dispositivo “Estou com Sorte” do Google: ele serve para você saber o que a maioria das pessoas estão querendo pesquisar.
  2. Se o seu filho é curioso, estimule isso. Ensine que tudo o que aprendemos é bem-vindo, a vida é longa e não sabemos ainda de o que vamos precisar.
  3. Sempre que o adolescente ficar entediado ou julgar inútil um conhecimento diga para ele perguntar ao professor: porque eu devo aprender isso?
  4. Todas as alternativas acima são verdadeiras. Releia a lista e continue praticando!

Erica Cavour, fonoaudióloga com formação em Psicologia Formativa e Beth Musikman, psicopedagoga e terapeuta de família, são mediadoras do Temas e Metas – espaço para aprender a estudar

 

Volta às aulas!

24 jul

Férias e, então, é hora de voltar às aulas.  Hora de tirar a mochila do armário, arrumar o material e… Pensar no lanche das crianças. Nessa hora, nos pegamos pensando na dificuldade que é negociar com os pequenos esse último item, uma vez que crianças em idade escolar já deixam claro as suas vontades e, muitas vezes, torcem o nariz para frutas, verduras e legumes. E fazer com que as crianças troquem guloseimas, como salgadinhos, refrigerantes e balas, por alimentos mais nutritivos não é tarefa fácil para a maioria dos pais.  Alguns resolvem rapidamente essa questão não vendo o que seus filhotes escolhem nas cantinas escolares.

No entanto, a presença de opções saudáveis é fundamental, já que os hábitos alimentares são formados ainda na infância. Quando a criança não se alimenta em quantidade e qualidade adequadas ao seu perfil, a energia e disposição para realizar as atividades diárias bem como a imunidade serão afetadas e o rendimento escolar pode ser prejudicado. Além disso, estudos mostram que doenças da vida adulta, como obesidade, câncer, osteoporose, doenças do coração e diabetes, normalmente resultam de escolhas alimentares erradas na infância.

Se dermos tratos à bola , podemos buscar soluções nutritivas e que seduzam a criançada.  Farei sugestões testadas e aprovadas pelos meus próprios filhotes aqui em casa. Todas ideias fáceis, descomplicadas. O segredo é que tenham uma aparência atraente, sejam práticas de comer e sempre com opções diferentes para evitar a monotonia, o que acabaria enjoando qualquer criança. Vocês verão como é fácil!

> Salgadinhos de pacote sim, pois as crianças adoram um pacotão bem colorido. Mas, desde que sejam orgânicos, assados e sem conservantes, nem corantes artificiais, além de reduzidos em sódio. E isso existe? Incrivelmente, sim. Encontro sempre em lojas de produtos naturais, como Mundo Verde, por exemplo. Os que fazem sucesso aqui em casa são:

  • Snacks Integrais assados e crocantes (Vitao)
  • Pitzo Orgânico Integral (Mãe Terra)
  • Sabuguinho de Milho orgânico  (Mãe Terra)
  • Cookies Integrais (várias marcas disponíveis)

>  Snacks de Algas Marinhas (Sea Gift). É feito apenas de alga, óleo de canola e sal marinho. É de fato uma delícia! É importado da Coreia e pode ser encontrado também em supermercados, como o Pão de Açúcar, além das casas de produtos naturais já descritas acima.

>  Frutas e legumes fáceis de serem comidos e atraentes ao olhar.

  • Um potinho cheio de tomatinhos cereja e nozinhos de mussarela de búfala. As crianças amam.
  • Potinhos com uvas Crinson (vermelha) e/ou Thompson (verde). Ambas são uvas sem caroço. Ficam lindas misturadas.
  • Um potinho ou mesmo uma pequena embalagem que já venha pronta com as mini cenourinhas, ou baby carrots, como as da Mônica, por exemplo.
  • Um potinho com tangerina sem caroço previamente descascada. Quando as crianças são pequenas, é melhor não oferecê-la inteira, para não ser uma barreira a mais entre ela e seu lanchinho saudável.
  • Mix de nozes, amêndoas, castanha do Pará e frutas secas. Eu mesma preparo o mix das crianças ou mando uma que encontrei pronta no mercado, chamada “Já” (da Frutt`Oro).

>  Sanduichinhos feitos com pão integral, com infinitas possibilidades de recheio.

  • Peito de peru e queijo de Minas;
  • Requeijão com tomate e orégano;
  • Requeijão e geleia de frutas sem açúcar;
  • Ricota e cenoura raladinha embebida em suco de laranja por cinco minutos.

>  E para beber:

  • Água de coco: procure as frescas congeladas e não as que ficam na prateleira normal, pois essas têm conservantes, o que dá até para notar no sabor.
  • Sucos de frutas feitos em casa – coloque no congelador na noite anterior e tire antes da criança ir para escola, assim chegará geladinho na hora do lanche.
  • Leite batido com achocolatado e colocado no congelador como no item anterior.  Uma excelente opção aos achocolatados prontos, lotados de açúcares, acidulantes e mais outros nomes que não encontramos na natureza…
  • Água, água e mais água. As crianças se esquecem de beber na escola. Uma garrafinha de água na mochila é fundamental.

Aqui em casa a aprovação é total. Minha filha me diz que as suas amigas sempre querem trocar de lanche com ela – os da cantina, bien surmas ela não troca!