Posts Tagged ‘crianças’

D.I.Y. – Boneco de Neve

09 dez

O natal está chegando e uma das partes mais especiais dessa festividade é a decoração. Trouxemos hoje uma super dica de ornamento artesanal, para você e os filhotes se divertirem muito fazendo e construindo lembranças especiais para carregar durante toda a vida.

blog-1

Você vai precisa de:

- Uma Meia;

- Elásticos;

- Arroz ou Algodão;

- Feltro Preto e Laranja;

- Olhos para Artesanato.

blog-2

 

blog-3

blog-4

E está pronto:

blog-5

 

Boas festas !

 

 
 

Blocos Infantis no Rio de Janeiro

29 jan

carnaval

Como todo mundo sabe o carnaval está chegando. No Rio de janeiro, mais do que nunca, a cidade respira o carnaval. Se você não vai viajar, que tal levar o filhote para um bloco infantil? Selecionamos alguns super legais e que todos vão adorar.

suquinho

Largo do Machadinho, mas não largo do suquinho - Inspirado no bloco de adulto Largo do Machado mas não Largo do Copo. O bloco toca antigas cantigas de roda mas em ritmo de carnaval.

Aonde: Largo do Machado

Quando: 08/02 (segunda-feira) às 9 horas.

que-caquinha-e-essa

Que caquinha é essa? - O bloco tem uma bateria mirim e nesse ano irá homenagear os 450 anos do Rio de Janeiro.

Aonde: Ipanema ( em frente ao bar Paz & Amor, na esquina das Ruas Garcia D’Ávila e Nascimento e Silva)

Quando: 15/02 (domingo) às 10 horas.

gigantes

Gigantes da Lira - Super tradicional, o bloco tem uma proposta de uma folia lúdica. Tem uma temática de circo e vários palhaços.

Aonde: Na pracinha da Rua General Glicério, Laranjeiras.

Quando: 31/01 (domingo) às 9 horas

sainfantil

Sá Pereira Infantil - O bloco acontece desde 1982 e tem um clima tranquilo e bem familiar.

Aonde: Rua Capistrano Abreu, 29, Botafogo.

Quando: 30/01 (sábado) às 10 horas.

Bloco_da_Pracinha

Bloco da Pracinha - É o principal bloco infantil do Rio. Ele é totalmente dedicado ao público infantil e ainda tem oficina de customização de fantasias.

Aonde: Praça Pio XI, Jardim Botânico.

Quando: 30/01 (sábado) às 10 horas.

 

Dicas para Piqueniques

25 nov

Que tal juntar a criançada no final do ano? Com o verão os dias são bem mais quentes e sair de casa é necessário. Um piquenique é perfeito para unir essas duas coisas.

ZF6

Uma toalha grande é essencial, afinal precisa caber tudo e todos dentro dela né.  Algumas almofadas são perfeitas para entrar no espírito do piquenique e também aumentar o conforto do pessoal. Levar talheres, copos descartáveis são práticos e excelentes para esse tipo de festinha. Ah! Não se esqueça de jogar tudo fora depois hein.

ZF6(3)

No Rio existem ótimos lugares para um piquenique como a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Jardim Botânico, Parque Lage, Aterro do Flamengo. Todos são arborizados e com bastante espaço para a meninada.

ZF6(2)

E para comer não precisa se preocupar. Aqui no Zazá para Filhotes temos kits perfeitos para piqueniques. Nossos combos de lanche vão manter a energia da criançada e o bem estar delas (encomenda mínima de 20 kits).

ZF6(4)

 

China cria centros de reabilitação para crianças “viciadas” em tecnologia

10 jul

tela3

Televisão, smartphone,  tablet, Ipod, computador e  televisão. Os pequenos estão cada vez mais antenados a novidade do mercado de tecnologia, o que dificulta mais o controle do tempo que as crianças dedicam às mídias digitais. Pensando em  possíveis danos que esses dispositivos podem gerar nos filhotes, a China fez uma intervenção, entenda melhor:


tela

Alguns médicos chineses consideram que o fenômeno é um transtorno clínico, segundo eles, quando usados de forma excessiva, esses dispositivos fazem com que problemas de natureza social, psicológica, educacional e biológica se desenvolvam cada vez mais cedo e criaram centros de reabilitação em que as crianças ficam isoladas de todos os tipos de mídia por meses.

tela2

A eficácia do tratamento ainda não foi comprovada. A Academia Americana de Pediatria constatou que criança americana de 8 a 10 anos passa em média de 8 horas por dia interagindo com mídias eletrônicas, sendo a TV mais predominante.

tela4

A recomendação da Academia de medicina é que até dois anos de idade o pequeno não seja exposto a nenhum tipo de tela porque “o cérebro nessa idade se desenvolve muito rapidamente e a criança aprende mais interagindo com pessoas, não com telas”. Para as crianças mais velhas, o tempo recomendado de uso de eletrônicos é de duas horas diárias. Muito radical ou uma solução  considerável? O que vocês pensam sobre, papais?

 

 

 

Erê Lab, um espaço para crianças

09 jan

baixacolor

O projeto Erê Lab foi idealizado pelo diretor de arte, designer de produtos e cenógrafo Roni Hirsch. A ideia era criar objetos de mobiliário urbano para pracinhas e parques, mas voltados para os pequenos.

DSC3566

DSC3717

O projeto visa que os brinquedos ocupem diferentes lugares de São Paulo por meio de parcerias público-privadas. A proposta é que a Prefeitura libere o espaço e associações de moradores ou empresas possam patrocinar o parquinho em algum bairro da periferia de São Paulo. Os filhotes aprovam!

 
No Comments

Posted in Artes

 

Sons ao redor do mundo

11 nov

Desde que nascemos somos acostumados com nossa língua materna.  Por conta disso, acabamos achando que todas as pessoas pensam, falam e escutam como nós. Mas isso não é real. Os sons podem até ser os mesmos ao redor do mundo, mas a forma de reproduzi-los varia muito. E foi pensando nisso que o inglês James Chapman fez uma série de ilustrações para mostrar como expressões e ruídos podem ser diferentes em cada língua.

Olha que graça:

ilustrasom

 

ilustrasom1

 

ilustrasom4

 

ilustrasom5

 

ilustrasom6

 
No Comments

Posted in Artes

 

Móveis que se adaptam à fase de vida da criança

29 out

Em tempos de consumo exacerbado, não faltam iniciativas para tentar minimizar as consequências disso no bolso e no meio ambiente. Pensando não só em economizar recursos, mas também em reutilizar materiais, a Dotandcross desenvolveu uma linha de móveis inteligentes que se adaptam e acompanham a criança desde o berço até a adolescência.

A gente adorou a ideia!

A empresa italiana  foi apresentada durante o London Design Festival e tem como diferencial pensar seus móveis tendo a longevidade em mente.  O berço vira sofá, o quadro de desenhos se transforma em mesa e todas as camas e armários são modulares e podem ser convertidos em outros móveis. Olha que bacana!

movel-crianca5

movel-crianca9

movel-crianca10

movel-crianca14

movel-crianca15

 

Para saber mais, assista ao vídeo de apresentação da Dotandcross.

 

 

Guerrinha de água

22 ago

diyA hora de lazer é um dos momentos mais bacanas e divertidos de todo o processo de crescimento dos filhotes, vê-los sorrindo e se divertindo é de uma alegria sem fim, não é verdade? Pensando nisso, compartilhamos aqui esse tutorial bem bacana que vimos no Innerchildfun. Além de toda a diversão envolvida, as “bombas de água”  são uma das maneiras mais originais de aliviar o calorão que está por vir.

waterfightkit2a

Para fazer o kit você vai precisar de:

Baldinho;

Tesoura;

Elásticos de cabelo;

Esponjas de cozinha.

Use a tesoura para cortar as esponjas em tiras, reúna-as em diferentes cores e prenda com o elástico. Repita este passo até que o baldinho esteja cheio de bombas de esponja. Em caso de dúvidas, esse tutorial aqui embaixo tem o passo-a-passo bem explicado, dá o play:

 

 

 

 

 
 

Para curtir a folia no Rio…

27 fev

Goiabeira Coisa e Tal

No sábado, 1 de março, das 10h às 12h, as crianças vão abrir os dias de folia com o Sábado Carnival Fun, com desfile de fantasias e confecção de máscaras de carnaval. | Valores: Crianças e Adultos – R$60,00

Domingo, 2 de março, das 9h às 12h, é dia do tradicional café da manhã do Goiabeira em ritmo de carnaval. Os pequenos vão se divertir com a roda de capoeira do Grupo Senzala, circuito de aventura, tobogã, pula pula, parede de pintura, viveiro dos pássaros, circuito das águas e muito mais. | Valores: Crianças e Adultos – R$80,00

Segunda (3) e Terça (4), das 14h às 18h, o espaço vai funcionar com as atividades tradicionais.

Crianças: R$ 35,00 (primeira hora) e R$ 15,00 (a cada meia). Adultos: R$50,00

Informações

Bailinho de Carnaval Barra World

Nos dias 01/02 e 03 de fevereiro tem bailinho infantil com Bandinha, distribuição de serpentina, maquiagem artística, desfile de fantasia infantil, distribuição de balões e brindes. | Horário: 16h às 21h

Informações

Bailinho Infantil do Recreio Shopping

Nos dias 01/02 e 03 acontece o bloquinho que irá percorrer todo o shopping e contará com uma bateria de Escola Mirim que tocará diversas marchinhas e músicas infantis. Haverá também oficinas para os pequenos se maquiarem. | Horário: de 16 às 20h

Informações

Baile de Carnaval do Pimentinha

No dias 02 e 03/02 acontece o Show da Banda da Folia e presença do mascote Pimentinha no Shopping Rio Design Barra |Horário: 15h às 19h

Informações

 

Leitura pra crianças

11 fev

O hábito da leitura é algo valioso e que pode ser estimulado desde cedo. Comprar livros, ler histórias e levar a turma a bienais e lançamentos são boas dicas para despertar o interesse por literatura. Para dar aquela força aos pais, separamos duas sugestões de livros para a criançada se deliciar com fábulas, muita aventura e conhecimento.

Do jornalista Luis Ernesto Lacombe, o livro infantil “E aí, bicho?” (Editora Escrita Fina) possui sonetos inspirados na paixão dos filhos de Lacombe pelos animais. Além dos melódicos versos e rimas, as coloridas ilustrações de Ana Terra contribuem para fazer da publicação um verdadeiro encanto. Para meninos e meninas que curtem a natureza, o aprendizado sobre cada animal se transforma em uma doce brincadeira.

Para que os pequenos conheçam ainda mais o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, a autora Maria Helena Esteban lançou “Viagem ao reino do visível invisível” (Editora Nova Razão Cultural), que conta a história da fauna e da flora do local. O livro traz ainda um questionário para a garotada testar os próprios conhecimentos sobre o tema.

Anotou as dicas? Então corra para a livraria mais próxima!

 

Coleção “Eu também amo”

28 jan

A coleção “Eu também amo”, traz para o leitor infantil a história de artistas famosos, mostrando por que suas obras são como são, ajudando a criança a descobrir, desde cedo, o que há de especial, divertido, comovente ou oculto na arte.

Dois dos maiores pintores de todos os tempos, o holandês Vicent Van Gogh e a mexicana Frida Kahlo, estreiam a série, e são apresentados pela argentina Silvia Sirkis, com ilustrações de Tomi Hadida e Walter Davenport e tradução de Cristina Antunes.

O livro “Vicent ama as cores – Uma história para conhecer Vicent Van Gogh” conta a vida de um garoto que amava a natureza e desejava embelezar a vida das pessoas, mas não sabia o que fazer para realizar seu sonho. Com o total apoio do irmão, Theo, Vincent começa a pintar e a inundar o mundo com cores. Por meio de belas ilustrações que interagem com reproduções de obras de Van Gogh, como “A noite estrelada”, “Terraço do café em Arles à noite” e “Autorretrato com chapéu de feltro cinzento”, e de seus contemporâneos como Monet, Seraut e Pissaro, a história chega às crianças de forma leve e envolvente.

Já o segundo volume da série, “Frida ama sua terra – Uma história para conhecer Frida Kahlo”, responde a muitas questões curiosas sobre a pintora mexicana: Por que Frida pintou tantos autorretratos? Por que há animais em suas pinturas? Por que Frida se vestia de forma diferente das mulheres de sua cidade e de seu tempo? Com um uma história curiosa e ilustrações que dialogam com algumas reproduções conhecidas da pintora, o leitor vai conhecer Frida, uma menina que queria correr, saltar, estudar e explorar o mundo. Seus sonhos desafiaram os costumes e as dores. Seu amor pelo famoso pintor Diego Rivera e pelo México aparecem naturalmente nessa história que, sem perder de vista a informação, toca e emociona os pequenos leitores.

Saiba mais

Vicent ama as cores – Uma história para conhecer Vicent Van Gogh
Número de páginas: 20
Formato: 25 x 19 cm
Onde encontrar: grupoautentica.com.br

Frida ama sua terra – Uma história para conhecer Frida Kahlo
Número de páginas: 16
Formato: 25 x 19 cm
Onde encontrar: grupoautentica.com.br

 

Para curtir o final de semana no Rio!

23 jan

Para assistir

Pela primeira vez na história do cinema, os espectadores vão realmente sentir e viver a era em que os dinossauros comandavam a Terra. Caminhando com Dinossauros é a experiência mais imersiva em 3D, capaz de transportar o público para o meio de uma aventura épica no mundo pré-histórico, em que um simples dinossauro luta para se tornar um herói para a posteridade.

Confira a sessão no cinema mais próximo

Informações

Para rir

O espetáculo “2 números” é dividido em dois momentos, no primeiro, os atores transformam-se em divertidos personagens de máscaras que manipulam um fio de algodão. Como uma imensa “cama-de-gato”, seus movimentos com o fio criam diversas formas e situações que surpreendem e encantam a plateia; no segundo número, um boneco sai de dentro de caixas coloridas para conhecer seus manipuladores e desvendar o mundo ao seu redor. As caixas se transformam em cenários onde ele vive suas aventuras. | Sábados e Domingos às 17h no Teatro Fashion Mall. | Valor: R$50.

Informações

Para se encantar

“As aventuras de Pinocchio” é uma montagem infantil que revela os segredos das verdades e mentiras de um boneco de marionete que descobre a importante disciplina de viver tomando decisões do que é certo e errado na formação de caráter da pessoa. E para dar continuidade a busca da nova linguagem do teatro apresentado para crianças, com uma forma bem humorada e divertida, fica clara a importância de ouvir os bons conselhos dos pais e de como a mentira influencia negativamente. Temporada até 30 de março. | Sábados e Domingos às 17h no Teatro dos Quatro no Shopping da Gávea. | Valor R$60.

Informações

Para as férias

Até o dia 2 de fevereiro, o CCBB Educativo oferece atividades especialmente criadas para as férias das crianças.
Contação de Histórias, Musica, Artes, atividades acessíveis e especiais para crianças de 3 a 6 anos. A entrada é gratuita e as senhas são distribuídas 30 minutos antes de cada atividade.
Visita Teatralizada – Segunda, quarta, quinta e sexta-feira, às 13h. Para crianças a partir de 5 anos, jovens e adultos. | Musicando -
Todos os dias às 14h. Para crianças a partir de 6 anos, jovens e adultos. | Pequenas Mãos – Todos os dias, às 15h. Para crianças de 3 a 6 anos | Laboratórios de Ações Criativas – Segunda, quarta, quinta e sexta-feira, às 11h e às 15h – Sábado e domingo, às 11h

Informações

 

Projeto Magia

14 jan

Crianças de seis a dez anos estão tendo a oportunidade de criar seus próprios livros dentro da escola, com acabamento de luxo e, ainda, com revisão feita por profissionais. Estamos falando do Projeto Magia, que promove o desenvolvimento educacional por meio do incentivo à leitura, escrita e pronúncia de fonemas com a criação de histórias transportadas para livros.

Apoiado por educadores, o Projeto Magia ganha cada vez mais adeptos mirins, funcionando como um instrumento pedagógico que torna o ensino mais divertido e promove o interesse pela leitura. No Projeto, os alunos podem criar livremente as histórias ou a escola pode conduzi-lo a alguma temática que queira abordar. Todos adoram participar e isso cria um elo mais forte com a leitura.

De acordo com a educadora Patrícia Paiva, para escrever bem, os pequenos precisam ser bons leitores e isso deve ser estimulado desde cedo: “Quando a criança tem a chance de escrever seu próprio livro, ela quer fazer o seu melhor, se sentindo estimulada a ler mais para não escrever errado. Com isso, ela capricha na ortografia e ilustração. Iniciativas como essa são muito importantes para despertar na criança o gosto pela leitura e escrita”.

O Projeto Magia é uma iniciativa da empresa Estante Mágica, do Rio de Janeiro, e já se expandiu para as cidades de Nova Friburgo e Niterói, com convites para atuar em escolas de outros estados, como São Paulo e Paraná. “Estamos planejando expandir o projeto para espalhar a magia da leitura em escolas de outras cidades brasileiras”, explica Pedro Henrique Concy.

Saiba mais: www.estantemagica.com.br

 

Coleção revive óperas e ballet em livros para crianças

31 dez

Composta por quatro conhecidas óperas – “La traviata”, “Aída”, “Flauta mágica” e “Turandot” – e o famoso balé “O lago dos cisnes”, uma coleção infantil tem dado o que falar (e ler!). Editada pela FTD, os livros apresentam essas histórias recontadas e ilustradas especialmente para o público infanto-juvenil.

A obra “Turandot”, nome da princesa do coração de gelo, conta que, durante muitos anos, ela evitou o casamento propondo aos pretendentes que respondessem a três enigmas. Quem errasse pagava com a vida. Já a ópera “La traviata”, ambientada na França, narra a comovente história de amor entre uma linda mulher, Violeta, e o tímido e inocente Alfredo. A obra “Aída” conta a história de amor envolvendo o destino de três jovens, que são conduzidos, inevitavelmente, para um trágico fim. E a última ópera, “Flauta mágica”, fala da ajuda que a Rainha da Noite ofereceu ao jovem príncipe Tamino: uma flauta mágica para salvar a princesa Pamina. Ele só não sabia que essa aventura mudaria a sua vida para sempre.

O clássico balé “O lago dos cisnes” também faz parte da coleção e narra a história de Odete, jovem que vive sob um terrível feitiço. Durante o dia, ela transforma-se em um lindo cisne e à noite retorna à forma humana. Apenas o verdadeiro amor é capaz de quebrar essa maldição.

Além de ter a oportunidade de conhecer esses incríveis clássicos que permeiam o imaginário de muitos adultos, as crianças também encontram ao final de cada obra um encarte informativo sobre o compositor, suas principais peças, resumos das músicas (no balé), curiosidades relacionadas às obras e um CD com algumas faixas dos espetáculos.

Informações técnicas

Adaptadores: Eom Hye Sug (Turandot), Lee Gyeong Hye (La traviata), Lee JiYoeng (O lago dos cisnes), Han Mi-Ho (Aída), Lee Mi Oak (Flauta mágica).
Ilustradores: Miriam Miras (Turandot), Aurelia Fronty (La traviata), Gabriel Pacheco (O lago dos cisnes), Lucia Sforza (Aída), Edmee Cannard (A flauta mágica).
Tradutor: Heloisa Prieto
Páginas: 44
Temas abordados: Amizade, amor, relacionamento em família, solidariedade, aventura, perseverança, fantasia.

 

Carie de Mamadeira

17 dez

E um tipo de carie que ocorre quando a crianca persiste na amamentacao natural ou artificial durante a noite. E uma carie aguda, agressiva, de evolucao rapida, que pode causar destruicao dos dentes de leite em um curto espaco de tempo. Pode aparecer na crianca a partir do primeiro ano de vida.

Durante a noite, acontece uma diminuicao natural do fluxo salivar, ( responsavel por banhar e proteger os dentes). Se a crianca ingere o leite e vai dormir em seguida, acontece uma desmineralizacao no esmalte do dente, que evolui para a carie de mamadeira.

Para evitar a cárie de mamadeira os pais nao devem oferecer leite na madrugada. Esse é o momento de descanso da criança, ela não precisa mamar; neste caso, ela estará sendo induzida a um hábito vicioso e nocivo, que poderá prejudicar seus dentes (mesmo que sejam poucos), principalmente se for adicionado açúcar, achocolatado ou mel.

A limpeza da boca deve ser feita após cada mamada, seja ela no peito ou na mamadeira, com gaze ou fralda embebida em água filtrada, caso a criança ainda não tenha os dentinhos. Indicamos a escovação, com escova de dentes, logo após o aparecimento dos primeiros dentinhos. Para o bebê, a escova indicada, deve ser bem macia. A quantidade de pasta para isso é de, aproximadamente, a de uma ervilha, e deve ser SEM fluor ate os 4 anos de idade, epoca em que a crianca aprende a cuspir. Muita atenção para a criança não ingerir pastas fluoretadas, já que o flúor, se ingerido em pequenas doses diárias causará fluorose.

Assim e uma carie de mamadeira no estagio INICIAL

Beijos,
Denise Tanus

 

Casa Ronald McDonalds

25 nov

Esse ano, nós do Zazá em Casa e o para Filhotes vamos ajudar na ceia de Natal da Casa Ronald McDonalds!

Estamos muito felizes por essa oportunidade.

Você também pode fazer parte desse exército do bem, clique no link e saiba mais. Nunca é tarde para ajudar!

http://www.casaronald.org.br

 

Alimentos saudáveis da ponta da língua

06 nov

Você tem uma criança com mais de dois anos de idade que está, a cada dia, aprendendo novas palavrinhas? Então, está na hora de conhecer um aplicativo para iPad e iPhone chamado “Play Words: Foods”, que ensina nomes de alimentos saudáveis para os pequenos em três línguas diferentes.

Para saber mais sobre este gostoso aplicativo, veja a entrevista que a KIDS in fez com o criador, Sandro Morishita:

KI – O que te motivou a criar o aplicativo?
SM – A importância para as crianças, nos dias de hoje, em aprender mais de uma língua que vai ajudá-las no futuro. Decidimos fazer isso de uma maneira divertida e com apelo visual para manter a atenção dos pequenos. Outro motivo foi criar um aplicativo para ensinar os nomes de alimentos saudáveis às crianças, para que os conheçam desde bem novinhas. Dessa forma, irão reconhecer esses alimentos quando os pais começarem a apresentá-los realmente no dia-a-dia, no momento das refeições.

KI – Como as crianças aprendem os nomes dos alimentos?
SM - Nós criamos o app para que fosse o mais simples e intuitivo possível. Dessa forma, as crianças aprendem brincando. No aplicativo, apresentamos diversos cenários, bonitos e coloridos, onde existem diversos alimentos espalhados. O aplicativo pergunta, de forma escrita e sonora, onde está determinado alimento, e com o auxílio do nosso mascote, o macaco Luc, a criança começa a interagir. Caso ela toque no alimento correto, o macaco fornece uma animação positiva de recompensa; caso ela toque no alimento incorreto, Luc alerta a criança e ela pode tentar novamente. Caso a criança passe mais de dez segundos sem saber a resposta correta, o aplicativo indica.

KI – Em quais línguas elas aprendem esses nomes?
SM - O aplicativo é trilíngue: português, inglês e espanhol. Sentimos falta de aplicativos de qualidade em português do Brasil, e esse foi mais um incentivo para criarmos o nosso aplicativo. O inglês e o espanhol são outras duas línguas que têm extrema importância para as crianças nesse futuro próximo, no qual a pessoa que domina mais de uma língua pode ter mais oportunidades na vida adulta. Todas as perguntas e respostas, tanto escritas como em áudio, estão nas três línguas. Escolhemos vozes femininas e agradáveis para interagirem com as crianças.

KI – A partir de que idade as crianças podem jogar?
SM – A partir dos dois anos de idade, que é quando começam a soltar mesmo a língua e identificar os objetos mais cotidianos. A ideia é que aprendam os nomes de alimentos saudáveis o quanto antes e passem reconhecê-los também no mundo real.

KI – As crianças precisam da ajuda dos pais para jogar?
SM – Não. Todo o conceito visual e usabilidade foram pensados para serem os mais simples e intuitivos possíveis. Fizemos testes com diversas crianças antes do lançamento e a atual geração já está mais do que receptiva a esse tipo de interação via toque dos smartphones e tablets. Além do aplicativo em si, temos a nossa fan page no Facebook, pela qual interagimos com os usuários do aplicativo e mantemos um canal de comunicação direta com eles, informando as novidades e updates do nosso aplicativo. Lá recebemos também sugestões do público para melhorias e novos conteúdos.